Novo pixel do Facebook: o que mudou?

Novo pixel do Facebook: o que mudou?

Tempo de leitura: 3 minutos

O antigo pixel de conversão do Facebook não está mais disponível desde 2017. Assim, a atualização é fundamental para manter todo o poder que o Facebook Ads proporciona para o seu marketing.  Aqui nós vamos te mostrar o que mudou com o novo pixel do Facebook e os benefícios trazidos por essa mudança. Boa leitura!

O que mudou com o novo pixel do Facebook?

Quem utilizava o antigo pixel de conversão do Facebook sabe que era necessário criar dois códigos diferentes para rastrear conversões e personalizar os públicos. Isso tinha como uma das consequências deixar o site mais lento e causar confusões na interpretação e trabalho com os dados resultantes.

Além disso, era necessário criar um pixel de conversão para cada campanha. Isto é, acabava-se com uma lista de pixels, alguns que nem mesmo estavam sendo utilizados. O Facebook percebeu esses problemas e decidiu criar uma solução para eles.

Diante disso, a mudança do Facebook concentra tudo em um único pixel, com o qual é possível medir as conversões e criar públicos personalizados para o remarketing. Essa mudança evita que o site fique lento e torna o uso do código de conversão muito mais prático e organizado. O que facilita muito a vida de quem utiliza o marketing digital e conhece toda a potência dele.

Benefícios do novo pixel do Facebook

O benefício mais importante trazido pelo novo pixel do Facebook já foi mencionado: o fato de concentrar todas as ações em um único código. Afinal, isso deixa o site mais leve e também facilita o acompanhamento e trabalho com os dados recebidos.

Além disso, ele tem mais funcionalidades que os pixels antigos. O pixel de rastreamento de conversão era capaz de rastrear e otimizar conversões. Já o pixel de público personalizado tinha a função de redirecionar o público e criar anúncios dinâmicos.

O novo pixel do Facebook, além dessas funções, realiza conversões personalizadas e correspondência avançada. Isto é: ele cumpre tudo o que os anteriores faziam e acrescenta funcionalidades.Outra particularidade do novo pixel que reflete na sua praticidade são os eventos padronizados. Agora é possível selecionar eventos específicos a partir do seu pixel do Facebook, que já foram predefinidos pela própria plataforma de acordo com as principais demandas das campanhas de marketing que utilizam a rede.

Esses eventos acompanham comportamentos segmentados do público de acordo com o interesse do anunciante. Eles são uma espécie de extensão do código principal, para ser instalado em páginas específicas do site a fim de averiguar uma ação dos usuários.

Essa padronização evita erros, por exemplo, devido à nomeação incorreta do evento. Contudo, ainda é possível criar eventos personalizados. Esses eventos padrões são apenas uma alternativa a mais para facilitar a vida de quem usa o Gerenciador de Negócios.

Para além desses benefícios, o novo pixel do Facebook mantém tudo o que essa ferramenta já tinha de interessante. O que garante uma maior assertividade das campanhas de anúncios a partir do acesso de dados reais e relevantes sobre o público da empresa. O que você achou dessa mudança? Deixe um comentário com a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *